Venezuela e Colômbia concordam em reabrir fronteiras

CARACAS, 12 AGO (ANSA) - Os presidentes de Colômbia, Juan Manuel Santos, e da Venezuela, Nicolás Maduro, acordaram em abrir de forma "ordenada, controlada e gradual" a fronteira entre os dois países a partir do próximo sábado, dia 13.   

Informação foi divulgada pelo próprio líder colombiano após o encontro, realizado na cidade de Puerto Ordaz, na Venezuela.   

"À medida que formos vendo que a abertura da fronteira está beneficiando as populações dos dois países, iremos aprofundando em outros temas e setores", explicou Santos.   

A abertura da fronteira deve beneficiar os venezuelanos, pois o país passa por uma séria crise econômica, com severas implicações políticas, que resultou em problemas de abastecimento para a população local, especialmente a camada mais pobre. Os venezuelanos reclamam da falta de itens de necessidade básica, como alimentos e remédios, além de produtos de uso diário, como papel higiênico. Recentemente, com a abertura temporária da fronteira, dezenas de milhares de venezuelanos cruzaram os limites em busca de produtos em escassez. A fronteira entre Colômbia e Venezuela, que compreende mais de 2 mil km, permanece fechada desde 19 de agosto do ano passado por decisão de Maduro.   

Caracas tomou a decisão após uma suposta "emboscada" de "contrabandistas e paramilitares da Colômbia" contra as tropas venezuelanas que deixou três feridos, causando uma rusga diplomática. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos