Turistas enfrentam controles mais duros em portos da Itália

NÁPOLES, 13 AGO (ANSA) - Começaram a valer neste sábado (13) as novas medidas de segurança antiterrorismo nos portos da Itália.   

O reforço foi adotado por conta do aumento do fluxo de turistas no auge do verão europeu e dos conflitos na Líbia.   

Na última sexta-feira (12), um muro em Sirte, cidade do país africano que está sendo libertada das mãos do Estado Islâmico (EI), foi pichado com uma frase dizendo que o município é o "ponto de partida para Roma". Geralmente, a capital italiana é usada por jihadistas como símbolo do catolicismo, já que abriga o Vaticano.   

No Porto de Nápoles, turistas passaram por controles mais rígidos em navios de cruzeiro e balsas, assim como em Gênova. No entanto, ao contrário do que se esperava, as novas medidas não provocaram aumento significativo nas filas de carros e passageiros.   

Uma das exceções foi o Porto de Palermo, na Sicília, mas a movimentação na cidade sempre cresce consideravelmente no mês de agosto. A Itália elevou o nível de alerta em seus portos de 1 para 2, em uma escala que vai até 3.   

Os novos dispositivos preveem maiores controles aduaneiros e um monitoramento mais acurado em todas as áreas de embarque e desembarque. Há meses o país está na mira do Estado Islâmico, já que integra a coalizão internacional que combate o grupo no Oriente Médio e abriga o Vaticano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos