Após negar, Comitê dos EUA confirma assalto de Lochte no Rio

RIO DE JANEIRO, 14 AGO (ANSA) - O Comitê Olímpico dos Estados Unidos confirmou que o campeão olímpico Ryan Lochte e outros três atletas da delegação, Gunnar Bentz, Jack Conger e Jimmy Feigen, foram vítimas de um assalto no Rio de Janeiro. "O táxi foi parado por indivíduos posicionados como se fossem policiais, que exigiram dinheiro e outros objetos pessoais.   


Todos os quatro atletas estão bem e cooperando com as autoridades", escreveu o Comitê em nota.   


A nota confirmou a versão da mãe de Lochte, que havia contado à jornais e emissoras de televisão, que seu filho havia sido vítima do crime. Porém, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o próprio Comitê norte-americano haviam negado a informação.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos