Ducati encerra jejum de 6 anos com dobradinha italiana

ROMA, 14 AGO (ANSA) - Depois de um jejum de quase seis anos, a equipe italiana Ducati voltou a vencer na Moto GP, a principal categoria da motovelocidade, e logo com uma dobradinha.   


Neste domingo (14), seu piloto Andrea Iannone, também da Itália, cruzou em primeiro lugar no GP da Áustria, logo à frente de seu conterrâneo e companheiro de equipe, Andrea Dovizioso. O espanhol Jorge Lorenzo (Yamaha) terminou em terceiro, enquanto o italiano Valentino Rossi (Yamaha) fechou em quarto.   


Já o atual líder do campeonato, o espanhol Marc Márquez, da Honda, finalizou em quinto lugar. Essa foi a primeira vitória de Iannone, 27 anos, na Moto GP. "Estou emocionadíssimo com esse primeiro sucesso, após quatro anos de trabalho com um grupo estupendo. Sei que no fim do ano irei embora [para a Suzuki], mas o que conta é o presente", declarou o italiano.   


Já para a Ducati foi o primeiro triunfo desde 17 de outubro de 2010, quando o australiano Casey Stoner conquistou o GP de Phillip Island. Márquez lidera o Mundial de Pilotos com 181 pontos, à frente de Lorenzo (138) e Rossi (124).   


Mesmo com a vitória, Iannone é apenas o sexto, com 88, logo acima de Dovizioso, que tem 79. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos