Italiano torna-se bicampeão olímpico no tiro esportivo

SÃO PAULO, 14 AGO (ANSA) - O italiano Niccolò Campriani conquistou o bicampeonato olímpico na prova de tiro esportivo carabina 3 posições a 50 metros neste domingo (14). Ele ficou à frente do russo Sergey Kamenskiy.   


A prova pôs fim às competições da modalidade nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.   


Campriani, 28 anos, já havia conquistado uma medalha de ouro nesta edição dos Jogos Olímpicos na prova do tiro esportivo com carabina de ar a 10 metros - além de ter conquistado a medalha de prata em Londres 2012 na mesma modalidade.   


Além de ser especialista em atirar, o italiano é um estudioso das armas, tendo diversas formações em engenharia com especialização em armamentos. A segunda medalha de Campriani aumenta ainda mais o sucesso da Itália nas diversas categorias do tiro esportivo: foram seis pódios na Rio 2016. Ontem (13), o jovem Gabriele Rossetti, 21 anos conquistou o ouro na categoria skeet. Um dia antes, Diana Bacosi e Chiara Cainero garantiram o ouro e a prata também no skeet. Além delas, Giovanni Pellielo e Marco Innocenti levaram a prata nas categorias fossa olímpica e fossa double, respectivamente.   


Com o resultado, a Itália fecha na primeira colocação no quadro de medalhas do tiro esportivos nos Jogos do Rio, com sete medalhas (quatro ouros, três pratas). A Alemanha ficou na segunda colocação, seguida pela China.   


Já no quadro geral, os italianos continuam fazendo bonito e conquistaram 19 medalhas ao todo - sendo sete ouros, sete pratas e cinco bronzes. O país está entre os 10 melhores dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos