Hospital da ONG MSF é atingindo em bombardeio no Iêmen

ROMA, 15 AGO (ANSA) - Um hospital da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) no Iêmen foi bombardeado nesta segunda-feira (15) por um ataque aéreo. O número de mortos, até o momento, é de seis pessoas, mas fontes locais informam que até 20 vítimas fatais podem estar sob os escombros - entre equipe médica e pacientes. Segundo a emissora britânica "BBC", o ataque áreo contra a província de Hajjah foi realizado pela coalizão internacional liderada pela Arábia Saudita, mas ainda não houve comentários oficiais sobre a ação. De acordo com pessoas ouvidas pela emissora, a área está sendo bombardeada "há dias" pelos árabes.   

A área é considerada um dos refúgios dos rebeldes xiitas houthis, grupo que tem o apoio do Irã e que é atacado há mais de um ano pelos sauditas. Nesse período, mais de 6,4 mil pessoas morreram e mais de dois milhões precisaram abandonar suas casas pelos conflitos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos