Francês derrotado no salto com vara chora ao receber medalha

RIO DE JANEIRO, 16 AGO (ANSA) - Derrotado pelo brasileiro Thiago Braz na final do salto com vara, o francês Renaud Lavillenie chorou ao receber a medalha de prata nesta terça-feira (16).   


Após ter feito duras críticas à torcida - comparando as vaias que recebera àquelas ouvidas por Jesse Owens em Berlim em 1936 -, o atleta voltou ao Engenhão para a cerimônia de premiação e novamente teve de aguentar os brasileiros pegando no seu pé.   


Ao ser anunciado no sistema de som do estádio, Lavillenie foi vaiado pelo público, assim como acontecera na noite anterior. Já no degrau mais alto do pódio, Braz reclamou e pediu aplausos para o rival, no que foi atendido.   


Contudo, ao colocar a medalha no peito, o francês não segurou as lágrimas e chorou. Ele havia reclamado bastante de ter sido vaiado durante seu último salto, algo bastante incomum no atletismo, esporte no qual os competidores costumam pedir silêncio em momentos decisivos.   


Lavillenie declarou estar arrependido de comparar os brasileiros à Alemanha nazista, mas manteve as críticas ao comportamento da torcida. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos