Italiano de 29 anos morre em salto com wingsuit na Suíça

BOLZANO, 18 AGO (ANSA) - Morreu nesta quinta-feira (18), aos 29 anos, o base-jumper italiano Uli Emanuele, que havia ficado famoso por passar com um wingsuit por um "anel de fogo" e por uma estreita fenda entre duas rochas.   


Emanuele havia se jogado com o traje planador de uma montanha em Lauterbrunnen, nos Alpes suíços, mas acabou batendo em uma parede rochosa e faleceu. Ele estava acompanhado de dois amigos, que conseguiram concluir o salto.   


O wingsuit é uma modalidade do paraquedismo que, por meio de uma espécie de macacão "com asas", permite voos de alta performance.   


O esporte atrai cada vez mais praticantes devido aos elevados níveis de adrenalina, mas também convive com recorrentes acidentes fatais.   


Após a morte de Emanuele, a Coordenação das Associações para a Defesa dos Consumidores da Itália (Codacons) pediu a proibição da prática do wingsuit em todo o território nacional. "Pedimos às instituições que imponham limites aos esportes de risco para tutelar a vida humana", disse o presidente da entidade, Carlo Rienzi. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos