Corte alemã veta uso de niqab por professora muçulmana

BERLIM, 22 AGO (ANSA) - Um tribunal administrativo de Osnabrück, no norte da Alemanha, rejeitou o recurso de uma jovem professora muçulmana que queria dar aulas em uma escola local usando o niqab, véu islâmico que deixa apenas os olhos à mostra.   

O direito da docente de manifestar a própria crença religiosa foi negado com base em um artigo da Constituição alemã sobre a forma adequada de instruir os alunos, que inclui a "comunicação não-verbal do rosto".   

A professora tem 18 anos e não compareceu ao julgamento por causa do assédio da imprensa. O país discute atualmente possíveis restrições ao uso do niqab e da burca, que cobre até os olhos.   

A própria chanceler Angela Merkel já declarou que essas peças são um "obstáculo" à integração dos muçulmanos na sociedade alemã. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos