Presidente da Itália pede união após tremor matar mais de 30

ROMA, 24 AGO (ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, afirmou que o país passa por um "momento de dor e de apelo à responsabilidade comum". "O meu primeiro pensamento vai às tantas vítimas desse devastador sismo que atingiu parte do território nacional", disse o chefe de Estado.   

Além disso, ele destacou que é preciso "usar todas as forças" para salvar vidas, curar feridos e oferecer às melhores condições possíveis aos desabrigados. "Depois será necessário um rápido esforço para garantir a reconstrução dos centros destruídos e a retomada das atividades produtivas", ressaltou Mattarella. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos