Conheça 10 destinos fantásticos na América Latina

SÃO PAULO, 01 SET (ANSA) - Nas últimas semanas, o mundo voltou os olhos para o Brasil por causa dos Jogos Olímpicos de 2016. O Rio de Janeiro encantou os estrangeiros e deixou muita gente com gostinho de "quero mais". Por isso, o site Expedia listou outros 10 lugares da América Latina que valem a pena conhecer. Confira abaixo: Nazca, Peru - Mistério e beleza definem o deserto de Nazca, no sul do Peru. O lugar é famoso pelos legados que sua civilização antiga, que viveu em aproximadamente 400 d.C, deixou. As chamadas Linhas de Nazca são desenhos de grandes proporções escavados no chão e que graças ao clima da área, seco e estável, estão conservadas até hoje. Para admirar as mais de 70 figuras, que são consideradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco, é aconselhável subir nas colinas dos arredores.   


Ilha Grande, Brasil - Para aqueles que preferem um lugar menos agitado que a capital do Rio de Janeiro ou entrar mais em contato com a natureza, Ilha Grande é a solução. A ilha de águas cristalinas e areia fofinha não permite nenhum tipo de veículo motorizado, e para chegar até ela é necessário pegar um barco.   


Um dos principais passatempos locais é a pesca.   


Parque Nacional Torres del Paine, Chile - O Chile é um dos países melhor classificados quando o assunto é beleza natural.   


Situado entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico, a nação sul-americana esbanja contrastes de tirar o fôlego. Um deles é o Parque Torres del Paine, na região da Patagônia, declarado Reserva da Biosfera pela Unesco. Para apreciar suas montanhas, lagos e glaciares, é preciso disposição e condicionamento físico.   


Mendoza, Argentina - Aos pés da Cordilheira dos Andes, fica a cidade argentina de Mendoza. O município, que foi cenário do filme "Diários de Motocicleta", sobre uma expedição de Che Guevara pela América Latina, é o destino perfeito para motociclistas. Além das paisagens montanhosas, é possível apreciar bons vinhos argentinos, especialidade da cidade.   


Parque Farellones, Chile - A 1h30 de carro da capital Santiago, o parque Farellones oferece aos turistas muita neve e frio.   


Ideal para quem quer aprender a esquiar, a estação tem pistas fáceis, e para quem não se adaptar, há outras opções de divertimento, como o "tubing", uma boia usada para deslizar na neve. Além disso, existem vários chalés para locação em meio às montanhas e restaurantes com comida boa e vinho chileno.   


Lago Titicaca, Bolívia - O maior lago da América do Sul em volume de água se encontra na fronteira de Peru e Bolívia. A maravilha natural é perfeita para quem procura ar limpo e relaxar com uma vista estupenda, além do ar místico que carrega por ter sido o berço da antiga civilização Inca. Iquitos, Peru - Além de Machu Picchu e de uma gastronomia rica, o Peru abriga uma das cidades mais surrealistas do mundo.   


Cercada pela Floresta Amazônica, a cidade de Iquitos atrai por sua excentricidade. Para encontrar a "pequena metrópole" no meio da natureza amazônica, é necessário pegar um barco ou avião. É também conhecida por rituais místicos, como o consumo da ayahuasca. Bogotá, Colômbia - A maior cidade da Colômbia, Bogotá, é o destino de quem está em busca de conhecer a rica cultura sul-americana em uma metrópole. Cheia de museus e programas culturais, a capital colombiana oferece programação agitada.   


Quem quiser uma visão panorâmica da cidade, vale a pena subir a montanha de Monserrate.   


Ilha de San Andrés, Colômbia - Declarada em 2000 como Reserva da Biosfera pela Unesco, a ilha colombiana desfruta de areia fina, clima tropical e águas turquesas. Além do ambiente paradisíaco, a gastronomia é riquíssima e tem muitos pratos a serem provados, como banana verde frita, e a paisa, espécie de "PF" dos colombianos.   


Jericoacora, Brasil - A 300 km de Fortaleza, Jericoacoara nasceu de uma vila de pescadores e até os dias de hoje parece ter sido descoberta recentemente. Muito indicada para esportes como windsurfe e kitesurfe, também agrada às pessoas que não gostam de esportes radicais, que podem relaxar em redes sobre as águas cristalinas de seu mar. Praticamente desabitada, Jericoacoara é ainda selvagem, e para acessá-la é necessário atravessar dunas de areia com veículos 4x4. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos