Ferrari leiloará modelo raro para ajudar vítimas de sismo

MARANELLO, 31 AGO (ANSA) - O premier da Itália, Matteo Renzi, anunciou que a fabricante Ferrari irá leiloar um de seus modelos de luxo mais raros para ajudar as vítimas do terremoto que atingiu a região central do país na semana passada, deixando centenas de mortos e feridos, além de milhares de desabrigados.   

O lance inicial de um dos carros "mais prestigiados" da marca será de 1 milhão de euros, explicou o primeiro-ministro, após agradecer o presidente da Ferrari, John Elkann, e o CEO da Fiat Chrysler Automoveis (FCA), Sergio Marchionne.   

O modelo se trata do 500º exemplar da série limitada LaFerrari, da qual só haviam sido construídos 499 veículos até então. O veículo é o primeiro "supercarro híbrido" da marca. Apesar de seu preço ser estimado em 1,3 milhões de euros, a imprensa estipula que o leilão ultrapassará esta marca por se tratar de um veículo tão raro e porque seu lucro será revertido para uma boa causa.   

O anúncio foi feito durante um encontro de Renzi com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, na cidade que sedia a Ferrari, Maranello, na última quarta-feira, dia 31. Tragédia - O terremoto do último dia 24 deixou, ao todo, 293 vítimas fatais. São 232 mortos em Amatrice, 11 em Accumoli e 50 em Arquata del Tronto. Além disso, centenas de pessoas ficaram feridas.   

Até o momento, 2,9 mil pessoas estão desabrigadas nas regiões de Lazio e de Marcas, de acordo com dados da Defesa Civil. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos