Jude Law impressiona Veneza com 'The Young Pope'

VENEZA, 3 SET (ANSA) - O astro Jude Law roubou a cena neste sábado (3) no Festival de Cinema de Veneza, na Itália, para a exibição dos dois primeiros episódios da série de "The Young Pope", de Paolo Sorrentino, que conta a história fictícia do papa Pio XIII, primeiro norte-americano a assumir ao trono da Igreja Católica.   


Em divulgação mundial, os dois primeiros capítulos provocaram reações calorosas e diversas da crítica. Teve quem definiu a obra como original, mas muitos a chamaram de provocativa e perturbadora. "O personagem do filme é diametramente oposto ao Papa existente, mas está em linha com o fato de que o sucessor de Jorge Mario Bergoglio pode ser um Pontífice mais conservador", disse Sorrentino. "É ilusório pensar que a Igreja sofreu mudanças com o papa Francisco. Meu 'Papa fictício' pode se tornar, no futuro, algo muito verossímil". Vencedor do Oscar por "A Grande Beleza", o diretor italiano não se intimidou a colocar na série elementos chocantes, como violação de segredos confessionais, marketing religioso, masturbação, casamento gay e acúmulo de riquezas dentro da Igreja Católica.   


"Não é um problema meu, mas do Vaticano. Fiz um trabalho com honestidade e curiosidade, até onde se pode agir e sem desejar provocações. Lidei com as contradições e as dificuldades desse mundo, e até com as coisas fascinantes do clero", disse Sorrentino.   


A série de 10 episódios tem estreia programada para 21 de outubro na Itália. A obra é uma coprodução da HBO com a Sky e o Channel+. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos