Ciclone Hermine reganha força e preocupa nordeste dos EUA

SÃO PAULO, 5 SET (ANSA) - A tempestade tropical Hermine pode voltar a ser classificada como um furacão nos próximos dias. De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, o ciclone pode aumentar sua força e causar inundações no nordeste do país, desde o estado de Nova Jersey até o de Connecticut.   

O furacão, o primeiro na região em 11 anos, chegou à Flórida, na costa do Golfo do México, na madrugada da última sexta-feira (2) com ventos de até 130 quilômetros por hora, mas depois enfraqueceu, recebendo a nomenclatura de tempestade tropical.   

Agora, no entanto, seu antigo "status" pode voltar a ser usado, o de um furacão de categoria 1 na escala Saffir-Simpson, nesta terça-feira (6) devido aos ventos que devem atingir os 121 km/h, segundo o Serviço de Meteorologia dos Estados Unidos.   

O furacão já causou duas mortes no país. Uma delas aconteceu na Carolina do Norte. Devido aos fortes ventos, um caminhão de 18 rodas que estava atravessando uma ponte caiu dela, matando o motorista. Já na Flórida, um morador sem-teto morreu esmagado por uma árvore.   

O último furacão a atingir a costa da Flórida foi o Wilma, classificado como categoria 3, que em 2005 causou a morte de cinco pessoas e destruiu várias cidades do estado norte-americano, causando um enorme prejuízo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos