EUA fecham um dos campos da prisão de Guantánamo

NOVA YORK, 9 SET - Os militares norte-americanos anunciaram na última quinta-feira (8) que um dos campos da prisão de Guantánamo, em Cuba, será fechado.   

Segundo comunicado do porta-voz militar, citado pelo "Miami Herald", após o fechamento, o campo 5 será transformado em um hospital psiquiátrico.   

O projeto prevê reduzir, até o fim deste ano, o número de funcionários na prisão, hoje em 1.950 militares e 400 civis. Já os detentos serão transferidos para os campos 6 e 7.   

Com custo de US$ 17 milhões, o campo 5 foi inaugurado em 2004 e abrigou diversos presos rebeldes.   

No mês passado, o governo norte-americano realizou a transferência de 15 detentos para os Emirados Árabes, a maior desde o anúncio da intenção de desativar Guantánamo, que abriga hoje 61 presos.   

O fechamento é uma das bandeiras do governo de Barack Obama e foi uma de suas principais promessas eleitorais. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos