Final do Miss Itália tem polêmica por 2ª colocada 'curvy'

JESOLO, 11 SET (ANSA) - Rachele Risaliti, de 21 anos, é a nova Miss Itália. A representante da Toscana conquistou sua coroa na noite do último sábado (10), em uma cerimônia realizada em Jesolo, nos arredores de Veneza, ao superar na final Paola Torrente, que foge do clássico padrão de beleza das misses.   


Com 1,77m de altura, cabelos loiros e olhos verdes, Risaliti faz faculdade de gestão em moda e pretende se formar dentro de dois anos. Ela também praticou ginástica rítmica durante 11 anos. "O meu sonho se tornou realidade", declarou à ANSA a nova Miss Itália, que dedicou a vitória aos pais e ao namorado Federico.   


Mas a grande surpresa da noite foi o segundo lugar de Torrente, de 22 anos, 1,80m, olhos e cabelos castanhos e manequim 46.   


Representante da Campânia, ela foi definida no país da bota como "curvy", palavra em inglês usada pelos italianos para designar modelos curvilíneas.   


Torrente chegou à final passando no caminho pela Miss Puglia, Viviana Vogliacco, cuja mãe protestou formalmente e pediu a criação de uma categoria à parte para as garotas mais "formosas", segundo suas palavras.   


A comissão técnica do concurso também criticou a escolha, mas o apresentador Francesco Facchinetti e a organizadora Patrizia Mirigliani disseram que o "abandono das medidas" é uma vitória do evento, que "não premia apenas cânones rígidos para definir o conceito de beleza".   


O Miss Itália 2016 foi acompanhado por cerca de 1,5 milhão de telespectadores e obteve 21% de share (percentual das TVs do país ligadas no evento). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos