Áustria remarca eleição presidencial para 4/12

BOLZANO, 12 SET (ANSA) - O Ministério do Interior da Áustria remarcou o segundo turno da eleição presidencial no país, que estava agendado para 2 de outubro, para o próximo dia 4 de dezembro.   

A mudança na data ocorreu após a constatação de problemas nos envelopes das cédulas dos votos por correspondência, mas ainda será ratificada pelo Parlamento.   

O segundo turno havia sido realizado em maio passado e vencido pelo candidato apoiado pelo Partido Verde, Alexander van der Bellen, com uma vantagem de apenas 30 mil votos sobre o postulante do Partido da Liberdade (FPÖ), Norbert Hofer, de extrema-direita.   

No entanto, a legenda radical apresentou um recurso denunciando irregularidades na apuração dos votos enviados pelos correios e obteve um parecer positivo da Corte Constitucional da Áustria.   

Segundo o FPÖ, algumas cédulas foram abertas antes do prazo legal.   

A votação dará mais uma chance para Hofer assumir o cargo de chefe de Estado. O extremista baseou sua campanha em um duro discurso contra a imigração, em um momento em que Viena brigava publicamente com a Itália sobre a fronteira entre os dois países em Brennero. A Áustria chegou até a iniciar a construção de uma barreira na cidade, mas mudou de ideia após ter recebido garantias de maior controle por parte de Roma. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos