Italiano descobre raquete de neve mais antiga do mundo

BOLZANO, 13 SET (ANSA) - Foi encontrada nos glaciares alpinos entre a Áustria e a Itália a raquete de neve mais antiga do mundo. Utilizado para caminhar sobre o gelo, o equipamento foi apresentado em Bolzano, na região italiana de Trentino-Alto Ádige.   

O achado arqueológico confirma a presença do homem nas montanhas dos Alpes há pelo menos 5.800 anos. Ele foi encontrado por Simone Bartolini, cartógrafo do Instituto Geográfico Militar, sediado em Florença, quando estava fazendo um levantamento de relevos na região do vale de Fosse, na fronteira austríaca.   

Especialistas do Departamento de Bens Arqueológicos da Província de Bolzano submeteram a raquete ao método de datação por carbono 14, e os resultados mostraram que o equipamento é do período Neolítico, entre 3.800 a.C. e 3.700 a.C.   

Isso quer dizer que o objeto é mais antigo que a "múmia de gelo" Ötzi, morta por volta de 3.200 a.C., a poucos quilômetros de distância. Ela é uma das múmias mais velhas já descobertas.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos