Estudo desmente 'regra' dos 5 segundos para comida que cai no chão

Em São Paulo

  • Getty Images/Thinkstock

Quem nunca derrubou comida no chão e comeu mesmo assim? O senso comum diz que se o contato entre o alimento e o solo durar menos de cinco segundos, ainda é possível ingeri-lo. Mas não é o que indica um novo estudo realizado pela Universidade de Rutgers, nos Estados Unidos, liderado pelo pesquisador Donald Schaffner.   

De acordo com o Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos EUA (CDC), uma em cada seis pessoas por ano fica doente devido a patologias transmitidas por alimentos. Isso equivale a aproximadamente 48 milhões de indivíduos, sendo que 128 mil deles são hospitalizados e 3 mil morrem.   

Schaffner e sua equipe acreditam que a contaminação por contato com o chão pode ser uma das principais explicações para esse número. Por isso, os pesquisadores promoveram esse estudo para comprovar a tese cientificamente e combater o mito de que as bactérias não passam para o alimento.   

Eles usaram vários tipos de superfície, como madeira, concreto e carpete, e comidas como melancia, pão e balas. Os resultados variaram de acordo com as combinações às quais foram submetidas, em contatos por um, cinco e até trezentos segundos. Schaffner ainda explicou que a regra dos cinco segundos é baseada no fato de que bactérias levam tempo para se transferir.   

E, de fato, levam. Porém a pesquisa revelou que esse período de tempo pode ser suficiente para a contaminação, Às vezes, o contágio pode ocorrer instantaneamente.   

Após 2.560 combinações, a equipe constatou que a melancia foi a comida mais suscetível à contaminação por ser altamente aquosa. "A bactéria não tem pernas, ela se transfere através da umidade do meio. Quanto mais água a comida contém, mais rápido a bactéria entra. Além disso, quanto mais tempo de contato entre o chão e a comida, maior a quantidade de bactérias", explica Schaffner, antes de concluir: "Deixar no chão é a escolha mais sábia". 


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos