Malásia confirma que destroço encontrado no país é do MH370

SÃO PAULO, 15 SET (ANSA) - O governo da Malásia confirmou nesta quinta-feira, dia 15, que o destroço de avião que foi encontrado em julho deste ano na ilha de Pemba, na costa da Tanzânia, pertence ao voo MH370 da companhia Malasyan Airlines.   

A parte faz parte de uma das asas do Boeing 777 que desapareceu em março de 2014 em um voo que ia de Kuala Lumpur, na Malásia, a Pequim, na China, com 239 pessoas à bordo.   

De acordo com um comunicado do ministro dos Transportes da Malásia, Liow Tiong Lai, o destroço, que ainda será melhor examinado, pode revelar parte do mistério por detrás do desaparecimento da aeronave.   

Há mais de dois anos do voo MH370 virar notícia pela primeira vez, vários possíveis pedaços do avião foram encontrados em Moçambique, Austrália, Madagascar, África do Sul e em ilhas próximas. No entanto, apenas um deles foi confirmado: o da ilha francesa de La Réunion em julho do ano passado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos