Papa volta a pedir acolhimento de refugiados

Na Cidade do Vaticano

O papa Francisco alertou neste sábado (17) mais uma vez para a crise imigratória que impacta a Europa e pediu que algo seja feito para acabar "com esta tragédia humana", assim como o acolhimento dos refugiados.

O papa denunciou que "um número jamais visto de refugiados morre tentando atravessar o Mar Mediterrâneo, que já se transformou em um cemitério, ou permanecem anos e anos nos campos" de acolhimento.

As declarações foram feitas quando Francisco recebeu, na Sala do Consistório no Vaticano, participantes da conferência "Migração e crise dos refugiados", promovida pela Confederação Europeia e a União Mundial dos Ex-Alunos e Alunas dos Jesuítas.

O líder religioso lembrou que, atualmente, cerca de 65 milhões de pessoas foram obrigadas a deixar seus lares. "Se formos além das estatísticas, veremos que os refugiados são mulheres e homens, meninos e meninas, que não são diferentes dos membros de nossas famílias e amigos. Cada um tem um nome, um rosto e uma história".

Desta forma, o argentino Jorge Mario Bergoglio pediu que os refugiados sejam acolhidos "para que sua primeira experiência na Europa não seja o trauma de dormir nas frias ruas".

Histórico

Desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, em março de 2013, o papa Francisco faz apelos de ajuda aos imigrantes.

Um de seus primeiros compromissos como Pontífice foi visitar a ilha italiana de Lampedusa, no mar Mediterrâneo, onde diariamente dezenas de embarcações com imigrantes tentam chegar ao continente europeu.

A Europa enfrenta o maior fluxo de deslocamento forçado de pessoas desde o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Osservatore Romano via Reuters
Francisco recebeu participantes da conferência 'Migração e crise dos refugiados'

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos