EUA dão 'por engano' cidadania a 858 imigrantes ilegais

WASHINGTON, 19 SET (ANSA) - Os Estados Unidos acabaram de dar "por engano" cidadania para ao menos 858 imigrantes ilegais que provêm de países considerados "perigosos" para os norte-americanos e que iam ser deportados em um futuro próximo.   

De acordo com um relatório do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS, na sigla em inglês) divulgado nesta segunda-feira, dia 19, os imigrantes colocaram informações, como nome e data de aniversário, diferentes no pedido de cidadania e, como os bancos de dados norte-americanos não tinham as impressões digitais dessas pessoas, os erros não foram percebidos a tempo.   

Os enganos só foram descobertos, e assim divulgados, quando autoridades do país começaram a investigar possíveis suspeitos de ataques que aconteceram no fim de semana e que poderiam estar relacionados com imigrantes.   

Os nomes e as nacionalidades das pessoas que ganharam a cidadania "por engano" não foram divulgados. Sabe-se apenas que as nações eram "de interesse especial" para os Esta dos Unidos, ou seja, que supostamente apresentam perigo para a segurança nacional ou que já são conhecidos por altos índices de fraude na imigração. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos