Italiano pede para dupla parar de fumar em Roma e é agredido

ROMA, 19 SET (ANSA) - Um homem e sua mãe foram agredidos brutalmente na tarde deste domingo, dia 18, em uma estação de metrô de Roma após pedirem para que dois jovens parassem de fumar no local.   

A confusão começou quando o italiano, de 37 anos, e a mulher, de 60, avisaram a dois homens que não era permitido fumar nos vagões e pediram para que eles parassem.   

Como resposta, os agressores começaram a trocar socos e chutes com mãe e filho e depois fugiram. Uma ambulância foi chamada para socorrer os membros da família, que foram levados para um hospital próximo.   

A mulher sofreu algumas contusões, mas nada muito sério. Já o homem está em estado grave, tendo sofrido uma fratura na caixa craniana e hemorragia cerebral. O italiano já fez uma cirurgia, está consciente e o prognóstico dos médicos é discretamente otimista.   

Já em relação aos agressores, ambos com antecedentes criminais, os dois foram reconhecidos e detidos. Com raiva, um deles até tentou atacar os policiais e destruir uma das viaturas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos