Condenação de Berlusconi por corrupção pode prescrever

NÁPOLES, 20 SET (ANSA) - A procuradora-geral Simona Di Monte pediu nesta terça-feira (20) a prescrição do crime de corrupção do ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi em um processo por compra e venda de apoio no Parlamento.   

Em primeira instância, o Tribunal de Nápoles sentenciou o ex-premier a três anos de reclusão por ter subornado senadores - com destaque para Sergio De Gregorio - para que eles deixassem a base aliada do então primeiro-ministro Romano Prodi e derrubassem seu governo, o que efetivamente aconteceu em maio de 2008.   

Prodi foi sucedido por Berlusconi, com quem polarizou a política italiana durante a primeira década do século 21. O caso será discutido pela Corte de Apelação de Nápoles a partir de 18 de outubro, e a procuradora-geral reafirmou a culpa do líder conservador, mas disse que o crime, ocorrido entre 2006 e 2008, já prescreveu.   

Segundo Di Monte, o ex-Cavaliere investiu milhões de euros para "comprar" senadores de centro-esquerda e derrubar Prodi. De Gregorio, que na época enfrentava dificuldades financeiras, teria aceitado o suborno e recebido 3 milhões de euros. De acordo com a denúncia, os pagamentos eram feitos pelo jornalista Valter Lavitola, ex-braço direito de Berlusconi e também condenado em primeira instância a três anos de prisão.   

Aos 79 anos, o ex-primeiro-ministro da Itália está inelegível até 2019 devido a uma sentença definitiva por fraude fiscal, caso que levou à cassação do seu mandato de senador.   

Por conta da condenação, ele foi obrigado a realizar um ano de serviços sociais em um asilo, pena encerrada no início de 2015.   

Berlusconi também quase foi preso por causa de uma acusação de prostituição de menores e abuso de poder, mas acabou absolvido pela Corte de Cassação de Roma, e ainda responde a processo por corrupção do sistema judiciário. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos