Brad Pitt diz estar 'muito triste' com divórcio

ROMA, 21 SET (ANSA) - O ator norte-americano Brad Pitt disse estar "muito triste" pelo divórcio da também atriz Angelina Jolie. A notícia, que foi anunciada na última terça-feira, dia 20, foi destaque em toda a imprensa mundial.   


Em comunicado publicado pela revista de fofocas "People", Pitt disse que, apesar da tristeza, o importante neste momento "é o bem-estar de nossos filhos".   


"Peço para a imprensa dar-lhes o espaço que merecem durante esta época difícil", concluiu.   


Jolie entrou com pedido de divórcio nesta semana citando "diferenças irreconciliáveis". Segundo o site de fofocas "TMZ", que deu o furo da separação, ela estaria descontente com a forma com que Pitt estaria educando os seis filhos do casal. Ele estaria abusando do álcool e da maconha e por isso ela pediu a custódia das crianças, com direito a visita do pai.   


O advogado da atriz, Robert Offer, explicou em comunicado que "a decisão foi tomada para a saúde da família".   


Juntos desde 2004, eles oficializaram a união em 2014 com uma cerimônia simples na França. Jolie e Pitt são pais de seis filhos, Maddox, Zahara, Shiloh, Pax, Vivienne e Knox, sendo que três são adotivos e três biológicos.   


As duas estrelas de Hollywood têm uma fortuna estimada em US$ 400 milhões. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos