Morre Gian Rondi,um dos maiores críticos de cinema da Itália

ROMA, 22 SET (ANSA) - Morreu nesta quinta-feira (22), aos 95 anos, o crítico de cinema Gian Luigi Rondi, considerado um dos maiores especialistas em cinema da história da Itália. Segundo informações da família, ele faleceu em casa e de causas naturais.   


Por desejo do próprio crítico, não será feito um funeral e o enterro está marcado para sábado (24) para que seus filhos, que moram na França, possam participar.   


Nascido em Tirano, Valtellina, no dia 10 de dezembro de 1921, Rondi começou sua carreira em 1946 assinando uma coluna no jornal "Il Tempo". Além de atuar como crítico de cinema, o italiano foi presidente da Bienal de Veneza - que realiza o Festival de Veneza, e do Festival de Cinema de Roma.   


Por seu currículo, Rondi era constantemente convidado para participar de júris de festivais por todo mundo, incluindo Berlim (1961), Cannes (1963) e do Rio de Janeiro (1965).   


Além disso, Rondi recebeu diversas honrarias ao longo da carreira, entre as quais a Cavaliere di Gran Croce e a Grande Ufficiale della Repubblica Italiana e ainda a Legião de Honra da França. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos