Itália estuda dar ?400 às famílias com problemas financeir

ROMA, 7 OUT (ANSA) - O governo da Itália está avaliando a criação de uma ajuda financeira para as famílias que têm dificuldades econômicas e tem mais de dois filhos, informam fontes do governo à ANSA nesta sexta-feira (7).   

Segundo as informações iniciais, seriam dados 400 euros por mês a essas famílias que seriam classificadas através do "Indicador da Situação Econômica Equivalente" (ISEE). O índice usa dados sobre a situação financeira dos italianos, levando em conta dados como a renda, patrimônio e características da família.   

Apesar dos critérios ainda não estarem completamente definidos, essa ajuda não é a mesma anunciada para as famílias que vivem em situação de pobreza. O "Apoio para a Inclusão Ativa" (SIA, na sigla em italiano), anunciado em julho, tem um benefício de 80 euros por membro do núcleo familiar, com limite de até 400 euros por mês.   

De acordo com as fontes, para o primeiro ano, seriam destinados cerca de 400 milhões de euros para a iniciativa. Atualmente, a Itália é o país europeu com o maior índice de pessoas consideradas pobres. Cerca de 4,6 milhões de italianos vivem nessa situação. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos