Palermo sediará festival de literatura imigrante em outubro

PALERMO, 10 OUT (ANSA) - O centro histórico de Palermo, capital siciliana, sediará a segunda edição do Festival delle Letterature Migranti (Festival das Literaturas Migrantes, em tradução livre para o português), que acontecerá entre os dias 12 a 16 de outubro.   


O evento foi apresentado na semana passada no Palazzo Cefalà, espaço que atualmente é a sede da Consulta delle Culture, órgão representativo de todas as nacionalidades "imigrantes" na Itália, e um dos edifícios que receberão palestras, rodas de conversas e autógrafos dos escritores.   


No festival, estão previstos 64 encontros literários com 143 convidados, entre autores, editores e artistas e o convidado de honra: o prêmio Nobel de Literatura Wole Soyinka.   


O dramaturgo e escritor nigeriano é conhecido pelo poder político de suas obras que o fizeram ser condenado à morte pelo governo do seu país. Soyinka dialogará com o prefeito de Palermo, Leoluca Orlando, sobre questões como liberdade e destino.   


"As literaturas migram de um lugar ao outro, de um tempo ao outro. A idade de ouro de Palermo coincide com o tempo da convivência dos povos e culturas diferentes e, nesta cidade, se vê o milagre da convivência", disse o diretor artístico do festival, Davide Camarrone, sobre a edição e suas atrações.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos