Em vídeo chocante, menina síria ferida procura pelo pai

ROMA, 11 OUT (ANSA) - Dois vídeos começaram a circular na internet na noite desta segunda-feira, dia 10, e estão chocando o mundo. Mesmo diferentes, eles tratam dos estragos e da destruição da guerra na Síria, que já passa dos 5 anos.   

O primeiro deles mostra uma menina síria que foi ferida em um ataque aéreo de bombas e que, desesperada, chama pelo seu pai. A pequena Ayah, de apenas 8 anos, foi atingida por um bombardeio na sua casa na vila de Talbiseh, a norte da cidade de Homs e, no vídeo, aparece sendo ajudada por médicos, que limpam o sangue do seu rosto e dos seus braços.   

Mesmo assim, a menina continua chorando e procurando pelo seu pai, que não aparece na gravação da emissora "Talbiseh News".   

Para a felicidade da criança, ela e seu pai se encontraram na tarde desta segunda-feira (11) em um hospital do vilarejo, de acordo com o canal.   

A imagem de Ayah, assim como a de Omran, garoto de 3 anos que aparece em um vídeo ferido, coberto de pó e em estado de choque em uma ambulância por causa de outro ataque aéreo, pode se tornar mais um símbolo da crueldade e brutalidade da guerra no país árabe.   

Já o segundo vídeo, produzido e divulgado pela "Aleppo Media Center" mostra imagens gravadas por um drone do que restou da cidade de Aleppo, com seus prédios destruídos e desabitados.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos