Imigrantes são presos na Itália acusados de estupro

BRESCIA, 12 OUT (ANSA) - Três solicitantes de refúgio de origem paquistanesa foram presos em Chiari, na região da Lombardia, norte da Itália, sob a acusação de violência sexual.   

Segundo a polícia, o trio teria estuprado uma mulher italiana de 22 anos na última segunda-feira (10), em um parque público da cidade. Os imigrantes estão em processo para obter refúgio no país e têm entre 23 e 26 anos.   

A Itália vive atualmente um período de elevada tensão por conta da mais grave crise migratória desde o fim da Segunda Guerra Mundial.   

Apenas em 2016, a nação já recebeu mais de 140 mil imigrantes ilegais via mar Mediterrâneo, número que na Europa só a deixa atrás da Grécia, com 167 mil. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos