'Inferno', com Tom Hanks, é homenagem a Florença

FLORENÇA, 13 OUT (ANSA) - O filme "Inferno", que estreia nesta quinta-feira (13) no Brasil, conta com um elenco estrelado, incluindo os protagonistas Tom Hanks e Felicity Jones, mas o principal destaque é a cidade de Florença.   


De fato, a trama norte-americana, baseada na franquia literária de Dan Brown, gira em torno de mistérios que só teriam sentido se filmados em cenários florentinos. Não à toa, o prefeito da cidade, Dario Nardella, se entusiasmou ao fim da exibição de uma prévia do filme e agradeceu pela "paciência e colaboração de todos". O longa demorou cerca de um ano para ser concluído, e as filmagens movimentaram o cotidiano de Florença.   


A ficção baseada em criptogramas, simbolismos e, principalmente, no inferno descrito por Dante Alighieri em "A Divina Comédia", se passa em lugares que são ícones da cidade. As cenas mostram desde detalhes minuciosos da igreja Santa Maria Novella, do Palazzo Vecchio e do Campanário de Giotto até a famosa cúpula de Brunelleschi, no Domo de Florença. O próprio diretor do filme, Ron Howard, declarou que a cidade em si é um personagem vivo.   


Robert Langdon, personagem de Hanks, é um simbologista de Harvard que busca encontrar uma solução para um vírus artificial que garante acabar com a humanidade. E é nos versos de Dante, especialmente nas passagens do inferno, onde a resposta está.   


Como todo filme de ação, rapidamente as perseguições começam: da Ponte Vecchio, o conflito vai para os exuberantes Jardins de Boboli, em uma caça feita com drones. E é através de outro local histórico que o professor consegue fugir de seus inimigos, pelo Corredor Vasariano, passagem coberta com pinturas que liga o Palazzo Pitti às Gallerie degli Uffizi, um dos principais museus de arte do mundo.   


Mas é no Palazzo Vecchio, atualmente sede da Prefeitura, onde acontece a maior parte das descobertas e pesquisas do simbologista. Uma das cenas mais fortes do filme ocorre dentro do Salão dos Quinhentos, envolvendo um dos antagonistas.   


As peripécias de Langdon seguem em outros lugares da cidade, como no Batistério de San Giovanni, na praça do Domo. O final é também em Florença, depois de alguns momentos passados em Veneza e Istambul. Para fechar com chave de ouro, o longa termina com uma visão aérea do conjunto de tesouros artísticos e arquitetônicos da capital da Toscana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos