Emissora russa acusa banco britânico de congelar suas contas

LONDRES, 17 OUT (ANSA) - A emissora russa "RT", antes chamada "Russia Today", denunciou nesta segunda-feira (17) que todas as suas contas bancárias no Reino Unido foram congeladas sem explicações.   

A rede usava o banco britânico Natwest, que decidiu tirá-la de sua lista de clientes. "Fecharam todas as nossas contas no Reino Unido. Todas. 'A decisão não está sujeita a revisão'. Viva a liberdade de imprensa!", escreveu no Twitter a responsável pela "RT" no país, Margarita Simonyan.   

O Natwest pertence ao Royal Bank of Scotland Group, que tem 73% de suas ações nas mãos do governo britânico. No entanto, o gabinete da primeira-ministra Theresa May diz que a decisão foi tomada de maneira "independente" e que cabe ao banco escolher a quem oferecer seus serviços, "de acordo com os riscos".   

Mas a explicação não convenceu o Kremlin. "Parece que, abandonando a União Europeia, Londres deixou na Europa suas obrigações com a liberdade de imprensa. Resumindo, uma nova vida sem hábitos ruins", ironizou a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.   

A "RT", que é considerada próxima ao governo Putin, já havia sido criticada anteriormente pelo Escritório de Comunicações, agência regulatória britânica para a imprensa, por conta de sua cobertura supostamente tendenciosa dos conflitos na Ucrânia.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos