Billy Bush é demitido da NBC por vídeo polêmico com Trump

NOVA YORK, 18 OUT (ANSA) - O apresentador norte-americano Billy Bush, sobrinho do ex-presidente George W.H. Brush, deixou a emissora NBC devido ao escândalo gerado por um vídeo no qual aparece ao lado do candidato republicando à Casa Branca, Donald Trump, falando obscenidades sobre mulheres. Billy Buh fazia o programa "Today" da emissora e a notícia de seu desligamento foi anunciada por e-mail pela produção da atração. "Desejamos que ele tenha sucesso e siga em frente", diz o e-mail. Há duas semanas, o jornal "The Washington Post" divulgou um vídeo gravado em 2005, nos estúdios da NBC, no qual Billy Bush e Trump conversavam dentro de um ônibus da emissora sobre o relacionamento com mulheres.   

O magnata e candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos usou palavrões e confessou que beija mulheres à força.   

"Quando se é famoso, se pode fazer qualquer coisa com uma mulher", comentou Trump. O vídeo gerou uma forte reação na sociedade norte-americana e está entre os maiores escândalos da campanha eleitoral de Trump, que perdeu o apoio de líderes republicanos, como o senador John McCain e a ex-secretária de Estado Condoleezza Rice. Billy Bush tinha sido retirado do ar logo após a divulgação do vídeo, mas seu desligamento total da NBC veio horas depois da esposa de Trump, Melania, dizer que o apresentador incitou o magnata a fazer aqueles comentários. O apresentador tinha renovado em agosto seu contrato por mais três anos no valor de US$ 3,5 milhões. Mas sua credibilidade já tinha sofrido um abalo com a entrevista com o nadador Ryan Lochte sobre o assalto durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e o qual se descobriu ser uma falsa. Na reta final da campanha eleitoral, a esposa de Trump iniciou uma saga para limpar a imagem de seu marido. Melania reconheceu que a linguagem do magnata foi "inapropriada", mas disse que "aceitou as deculpas" do republicano.   

"Me surpreendeu, porque não é o homem que conheço. Aceitei suas desculpas e estamos seguindo adiante", contou. A mulher de Trump também atacou os democratas e acusou os adversários de terem iniciado os ataques pessoais, ao publicarem no início da campanha uma foto sua nua. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos