CEO da Telecom Italia exclui compra da Oi

MILÃO, 18 OUT (ANSA) - O CEO da Telecom Italia, Flavio Cattaneo, informou que a empresa não tem intenções de fazer uma fusão entre a TIM Brasil e a Oi porque a Oi "deve uma TIM à Anatel".   


"As dívidas e as multas da Oi na relação com a Anatel estão em R$ 20 bilhões, na prática, é a capitalização inteira da TIM Brasil", disse Cattaneo ao jornal "Valor Econômico" nesta terça-feira (18). No entanto, o CEO - que está há duas semanas em uma série de compromissos na América do Sul - ressaltou que o mercado brasileiro permanece como um mercado estratégico para o grupo.   


Na semana passada, ele se reuniu com o presidente Michel Temer ao lado do presidente do grupo Telecom Italia, Giuseppe Recchi.   


Ambos reafirmaram o interesse da empresa no Brasil.   


Sobre a Itália, Cattaneo disse que no mês de setembro as aquisições de clientes no segmento "fixo" na Itália cresceram o dobro da cifra anual. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos