Em 2º dia de ofensiva, investida em Mosul perde fôlego

ROMA, 18 OUT (ANSA) - A ofensiva militar do exército do Iraque, dos peshmerga (grupo armado da parcela iraquiana do Curdistão) e das milícias pró-governamentais para a retomada da cidade de Mosul do Estado Islâmico (EI, ex-Isis) diminuiu de velocidade nesta terça-feira (18), o segundo dia da investida.   

Segundo a "Al Jazeera", no caminho para a cidade os militares se depararam com explosivos e armadilhas preparadas pelo grupo terrorista, o que dificulta o avanço da ofensiva.   

Mesmo assim, comandantes iraquianos afirmaram nesta terça que as investidas estão indo de acordo com o que foi planejado e que vários vilarejos já foram libertados do EI.   

Já os peshmerga conseguiram avançar mais um pouco no segundo dia, evitando os explosivos das estradas principais, mas ainda esperam a cooperação do exército iraquiano para conseguirem entrar no distrito de Hamdaniya, fortemente ocupado por jihadistas do Estado Islâmico.   

De acordo com a publicação árabe, esta terça foi um dia de "consolidação" da posição dos soldados curdos na região e nas áreas que já foram reconquistadas por eles e que, pelo grupo terrorista estar há mais de 2 anos na zona, ele teve bastante tempo para montar armadilhas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos