Por matar jovem, príncipe é executado na Arábia Saudita

BEIRUTE, 19 OUT (ANSA) - O príncipe árabe Turki bin Saud al Kabir, pertencente à família real saudita, foi executado nesta quarta-feira (19) em Riade, na Arábia Saudita, depois de ser condenado à morte por matar um jovem durante uma luta há três anos.   

De acordo com a TV "Al Arabiya", a execução foi anunciada pelo Ministério do Interior, que geralmente realiza o processo de decapitação. No entanto, a maneira com que o membro da família real foi morto não foi especificada.   

Em um comunicado, o Ministério afirmou que "a punição legítima é o destino de qualquer um que tenta atacar pessoas inocentes e derramar o seu sangue".   

Esta não é a primeira vez que um membro da família real é executado. Em 1975, o príncipe Faisal bin Musaid bin Abdulaziz al Saud foi decapitado por ter assassinado o rei Faisal. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos