PF cumpre mandados no Congresso e prende policiais

SÃO PAULO, 21 OUT (ANSA) - A Polícia Federal compareceu na manhã desta sexta-feira (21) ao Congresso para cumprir mandados contra policiais legislativos suspeitos de atrapalharem as investigações da Operação Lava Jato. A suspeita é de que os policiais faziam varreduras nas casas dos políticos para eliminar provas ou retirar escutas instaladas com autorização judicial. Foram emitidos quatro mandados de prisão temporarária, cinco de busca e apreensão e quatro de afastamento de função pública. O chefe da Polícia Legislativa, Pedro Carvalho Oliveira, foi conduzido coercitivamente. Ele e seus subordinados foram pegos em ações de contrainteligência para ajudar senadores alvo de investigações do Procurador-Geral da República. Os policiais legislativos são servidores do Congresso Federal e atuam na segurança da Câmara dos Deputados e do Senado. Durante a Operação Lava Jato, houve atritos entre a PF e a Polícia Legislativa e alguns senadores reclamaram da maneira como os federais vasculhavam os estabelecimentos. Collor - De acordo com fontes locais, o gabinete do senador Fernando Collor também teria sido revistado pela Polícia Federal nesta sexta-feira. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos