Reabertura do Maracanã tem briga e prisões de corintianos

SÃO PAULO, 24 OUT (ANSA) - Cerca de 40 torcedores do Corinthians foram presos após entrarem em confronto com policiais militares durante a partida contra o Flamengo, ontem (23), na reabertura do estádio do Maracanã. O jogo terminou empatado em 2 a 2 e, logo após o apito final, 39 torcedores foram detidos e levados pela polícia.   


A confusão aconteceu dentro do estádio e um policiail militar foi agredido, mas está bem. Os agentes de segurança estavam em número bem menor que os torcedores e, por isso, levaram alguns minutos para conter o confronto. Uma grade que divide as torcidas foi removida e torcedores do Flamengo também arremessaram objetos contra os corintianos, o que poderá acarretar punião aos clubes. As autoridades estão analisando as imagens do circuito interno do estádio para tentar identificar outros envolvidos no confronto, já que muitos jogadores cobriram os rostos com as roupas para dificultar a identificação. Ao fim da partida, os policiais cercaram os torcedores do Corinthians no setor de visitantes, deixando apenas mulheres e crianças saírem, e vistoriaram todos os homens para prender os envolvidos no episódio de violência. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos