Dylan aceita Nobel, mas diz que só irá à cerimônia se puder

SÃO PAULO, 28 OUT (ANSA) - O músico norte-americano Bob Dylan finalmente falou sobre ter ganho o prêmio Nobel de Literatura deste ano, cujo resultado foi anunciado pela Academia Sueca há cerca de duas semanas, no dia 13 deste mês. Em uma entrevista para a publicação britânica "The Telegraph", publicada nesta sexta-feira, dia 28, o compositor disse que "é claro" que aceita o prêmio, mas que só comparecerá à cerimônia de entrega "se for possível". Dylan também afirmou que ficou "sem palavras" quando recebeu a notícia e que agradece "muito por essa homenagem". Segundo o compositor, a vitória foi "surpreendente", mas "incrível" e ainda disse que nem sonhava "com uma coisa dessas".   


Quando perguntado porque não respondeu a nenhuma das tentativas de contato da Academia Sueca, que depois de alguns dias sem nenhum resultado positivo decidiu parar de tentar ligar para o norte-americano, o cantor se esquivou e apenas disse: "bem, eu estou aqui". Além disso, Dylan também afirmou que acredita "de certo modo" que suas músicas estejam em um patamar de literatura, mas que não é exatamente "qualificado para isso" e assim ele deixa "as outras pessoas decidirem o que elas [as canções] são". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos