Senadora acusa governo de 'rebaixar' terremoto na Itália

ROMA, 30 OUT (ANSA) - A senadora Enza Blundo, do partido populista e antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), acusou o governo do primeiro-ministro Matteo Renzi de "rebaixar" a magnitude do terremoto deste domingo (30) na região central do país para não ter de indenizar "em 100%" os cidadãos atingidos.   

"O jornal abre falando de um tremor de 7.1, depois o rebaixa para 6.1. Mentiras para defender os interesses econômicos do governo!!! Até o terremoto que destruiu L'Aquila [em 2009] foi 'domesticado' a 5.8. Tudo para não ressarcir os prejudicados em 100%", escreveu Blundo em seu perfil no Facebook.   

A mensagem gerou reações imediatas, a começar pelo senador Andrea Marcucci, do Partido Democrático (PD), sigla liderada por Renzi. "Até em situações trágicas como essa eles não perdem a ocasião de escrever bestialidades", disse o parlamentar. Pouco depois, Blundo alterou o texto.   

"O jornal abre falando de um tremor de 7.1, depois o rebaixa para 6.1! O que me preocupa é a ficção midiática, porque pode causar mais danos do que o próprio sismo! Máxima solidariedade e proximidade a todos aqueles que foram afetados", escreveu.   

Segundo o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV), o terremoto deste domingo teve magnitude 6,5 na escala Richter.   

Inicialmente, canais de notícias veicularam que o abalo tinha sido de 7.1, mas a primeira estimativa oficial do INGV falava em 6.1, número que foi revisto mais tarde para 6.5. "O post publicado pela senadora Enza Blundo não representa o pensamento dos parlamentares do M5S na Câmara e no Senado e de todo o Movimento", diz uma nota divulgada pelos líderes do partido nas duas Casas, Giulia Grillo e Luigi Gaetti. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos