Candidatura de Ricardo Lagos perde força no Chile

SÃO PAULO, 1 NOV (ANSA) - O ex-presidente chileno Ricardo Lagos, que comandou o país entre 2000 e 2006, está vendo sua possível candidatura nas eleições presidenciais de 2017 perder força. Ao menos é o que mostrou uma pesquisa de opinião feita pela consultoria Plaza Pública Cadem.   

Segundo o levantamento, 35% dos chilenos acreditam que Lagos foi o maior derrotado nas eleições municipais ocorridas em outubro.   

No pleito do mês passado, a coalizão de direita voltou a ganhar força e retomou redutos de poder que estavam com os correligionários de Michelle Bachelet.   

Isabel Allende, que anunciou sua desistência da corrida presidencial na semana passada, apareceu como uma das que menos foi afetadas pelo pleito, levando apenas 7% das considerações dos eleitores. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos