FIA desiste de punir Vettel por xingamentos no GP do México

ROMA, 1 NOV (ANSA) - O piloto alemão Sebastian Vettel se livrou de uma punição por ter xingado o diretor de prova da Fórmula 1, Charlie Whiting, durante o Grande Prêmio disputado no México no último domingo (30). No entanto, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) alertou que um comportamente similar nas próximas provas poderá causar uma punição para o piloto da Ferrari. Mais cedo, Vettel havia enviado uma carta formal com um pedido de desculpas por mandar o diretor da prova "tomar no c*" durante a prova. Isso porque, em seu entendimento, o piloto da Red Bull, Max Verstappen, havia ganhado vantagem ao "cortar caminho" pela grama durante uma disputa pelo terceiro lugar.   


Os diretores de prova decidiram analisar o caso apenas após a corrida, e não exigiram que o holandês devolvesse a posição na pista. Porém, quando Verstappen já estava na sala em que os pilotos aguardam para subir ao pódio, ele foi informado que havia sido punido em cinco segundos.   


Com isso, o ferrarista subiu ao pódio. Porém, pouco tempo depois, Vettel também foi punido por uma manobra ao defender sua posição contra o outro piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo, e tomou uma punição de 10 segundos, terminando a prova no quinto lugar. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos