Inter demite Frank De Boer e tenta amenizar crise

MILÃO, 01 NOV (ANSA) - O técnico holandês Frank de Boer foi demitido nesta terça-feira (1º) do comando da Inter de Milão, após não ter conseguido fazer o clube nerazzurro decolar no Campeonato Italiano.   


Mesmo tendo gastado mais de 90 milhões de euros em contratações, incluindo a compra do brasileiro Gabigol, a "Beneamata" ocupa apenas a 12ª posição na Série A, a 13 pontos da líder Juventus.   


Além disso, a Inter é última colocada em seu grupo na Liga Europa, que é formado por Hapoel Be'er Sheva, Southampton e Sparta Praga. "A equipe agradece a Frank e sua equipe pelo trabalho desenvolvido e lhes deseja o melhor para seu futuro", disse o clube nerazzurro por meio de um comunicado.   


Com a saída de De Boer, o time será treinado interinamente por Stefano Vecchi, técnico das categorias de base da Inter. O holandês comandou a "Beneamata" em 14 partidas oficiais, com cinco vitórias, dois empates, sete derrotas e 40,5% de aproveitamento. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos