Após especulação, Leonardo nega que assumirá Inter de Milão

ROMA, 3 NOV (ANSA) - Após a demissão de Frank de Boer, a Inter de Milão segue na busca por um novo técnico. O brasileiro Leonardo, que deu o último título do clube em 2011, foi um dos especulados, mas negou que vá assumir o time.   


"Agradeço e fico feliz por ver meu nome especulado para ser o técnico da equipe, mas penso que isso é mais pelo meu passado do que pelo presente. Eu não sou o perfil ideal para o Internazionale, que neste momento está se organizando", disse o brasileiro à emissora "Sky Sports".   


Um dos nomes mais cotados para assumir a equipe é o ex-treinador da Lazio Stefano Pioli. Preferido pelos dirigentes italianos, no entanto, Pioli enfrenta resistência dos chineses da Suning, donos do time, que preferem um nome mais "internacional".   


Neste ponto, o holandês Guus Hiddink aparece na frente e agrada aos chineses. Além do ex-técnico do Chelsea, os nomes de Marcelino Toral, ex-Villareal, e André Villas Boas, que está sem clube desde que saiu do Zenit, também são especulados.   


De Boer deixou o clube após não conseguir fazer com que os pesados investimentos na temporada se transformassem em bons resultados em campo. A Inter está na 12ª colocação do Campeonato Italiano, a 13 pontos da líder Juventus, e é a última colocada em seu grupo na Liga Europa, atrás do Southampton e dos inexpressivos Hapoel Be'er Sheva e Sparta Praga.   


Por enquanto, o clube será comandado em campo pelo técnico das categorias de base Stefano Vecchi. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos