Justiça italiana bloqueia 152 sites de streaming de jogos

ROMA, 8 NOV (ANSA) - Um tribunal de Roma ordenou o sequestro e bloqueio de 152 sites que ofereciam de maneira gratuita eventos esportivos, partidas de futebol e filmes através de streaming.   


Segundo a disposição apresentada pela juíza Alessandra Boffi, foram sequestrados alguns provedores usados para o acesso à internet na Itália porque eles violavam as normas sobre os direitos autorais das transmissões.   


O processo havia sido aberto no dia 17 de outubro após a divulgação da "notícia de crime pelo Núcleo Especial para a radiodifusão e pela editoria da Guarda de Finanças que tutela os entes titulares dos programas difundidos".   


O advogado Fulvio Sarzana, que representa alguns dos operadores de rede, sustenta que esse é "o mais imponente bloqueio da história da internet italiana em relação ao número de sites envolvidos". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos