Após eleições, republicanos dominarão Congresso

SÃO PAULO, 9 NOV (ANSA) - O novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contará com a maioria tanto no Senado como na Câmara no início de seu mandato. Mesmo com algumas apurações ainda em andamento, os republicanos dominarão as duas Casas.   

Para o Senado, onde havia 34 dos 100 assentos em disputa, os republicanos venceram e agora contam com um total de 51 representantes contra 45 democratas e dois independentes. Duas vagas continuam em aberto. Na Câmara, os republicanos também venceram, levando 236 assentos contra 192 dos democratas - nove vagas estão ainda em aberto.   

Entre os principais estados que elegiam senadores, a sigla do novo presidente conquistou representantes na Flórida, em Indiana, no Missouri, em New Hampshire, na Carolina do Norte, na Pensilvânia e em Wisconsin. Os democratas venceram apenas nos "estados-chave" de Illinois e de Nevada.   

Cenário parecido ocorreu na eleição para a Câmara, em que os membros do partido de Hillary Clinton venceram em apenas 4 dos 11 mais importantes locais de votação.   

Com isso, algumas das propostas de Trump devem ser aprovadas sem grandes dificuldades. A maior delas, provavelmente, será a revogação da lei de saúde aprovada pelo presidente Barack Obama.   

O "Obamacare" foi alvo de duras críticas do então candidato e deve ser revogado com amplo apoio dos republicanos.   

No entanto, outras mudanças - especialmente nas questões econômicas - não deverão ser tão "tranquilas". Isso porque Trump não contou com o apoio de muitos políticos de seu partido durante toda a corrida eleitoral.   

A maior das desavenças foi, inclusive, com o porta-voz do Congresso, o senador Paul Ryan, que só demonstrou apoio ao magnata após ele ser nomeado oficialmente pelo Partido Republicano.   

- Governadores: Alguns estados norte-americanos também foram às urnas para eleger os governadores locais. Neste pleito, mostrando a polarização da sociedade dos EUA, cada um dos partidos lidera em seis dos 12 locais.   

Com 100% das urnas apuradas, os democratas venceram em Delaware, na Carolina do Norte e em West Virginia - além de liderarem, com boa vantagem em Washington, em Montana e no Oregon.   

Já os republicanos conquistaram os governos de Indiana, Missouri, New Hampshire, Dakota do Norte e Vermont e lideram com ampla vantagem a disputa em Utah. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos