Itália cobrará taxa de mais de 20% a usuários do Airbnb

ROMA, 11 NOV (ANSA) - A fim de regular o mercado de aluguéis de estruturas não tradicionais, a comissão de Finanças da Câmera dos Deputados da Itália aprovou a criação de uma taxa fixa para pessoas que alugam suas casas ou apartamentos, como as que anunciam pelo site Airbnb.   

A emenda à manobra orçamentária, que precisa ainda ser aprovada pela Comissão de Orçamento, estipula uma taxa de 21% do valor do aluguel, além da instituição do registro do local na Agenzia delle Entrate, órgão público italiano que desenvolve funções relativas à gestão e ao pagamento de impostos.   

Os contratos ainda precisarão ter uma cláusula contra a evasão fiscal, com a responsabilidade fixa sobre o pagamento da taxa por parte do dono e do intermediário. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos