Morre mergulhador italiano Enzo Maiorca, rei das profundezas

SIRACUSA, 13 NOV (ANSA) - Morreu neste domingo (13), aos 85 anos, o mergulhador italiano Enzo Maiorca, considerado no país como o "rei das profundezas" devido a seus inúmeros recordes mundiais de apneia, quando a imersão na água é feita apenas com o ar dos pulmões.   


Nascido em Siracusa, na região da Sicília, Maiorca também foi Senador da República (1994-1996) pelo partido ultraconservador Aliança Nacional. Seu primeiro recorde mundial foi batido em 1960, quando mergulhou 45 metros e superou o brasileiro Américo Santarelli, com quem rivalizou durante alguns anos.   


Mas sua melhor marca foi registrada em 1988, já com 57 anos, quando mergulhou 101 metros de profundidade. "No amanhecer de hoje, um daqueles dias de sol nos quais o mar do porto de Siracusa parece imóvel, nos deixou um grande concidadão.   


Obrigado, Enzo Maiorca, boa viagem", disse o prefeito da cidade siciliana, Giancarlo Garozzo.   


O velório do mergulhador acontece na sede da Prefeitura, e o funeral está marcado para a próxima terça-feira (15). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos