Trump promete renunciar a salário de US$ 400 mil por ano

ROMA, 14 NOV (ANSA) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu renunciar ao salário de US$ 400 mil por ano pago ao chefe da Casa Branca.   

Com uma fortuna estimada em cerca de US$ 4 bilhões, segundo a revista "Forbes", o republicano disse em entrevista ao programa "60 Minutes", da "CBS", que receberá apenas US$ 1 por ano.   

"Acho que, por lei, tenho que ganhar pelo menos US$ 1 por ano, então pegarei US$ 1 por ano", afirmou Trump, que alegava nem mesmo saber qual era o salário do presidente dos Estados Unidos.   

Ao ouvir da jornalista Lesley Stahl que os honorários são de US$ 400 mil anuais, rebateu: "Não receberei".   

O republicano assumirá a Casa Branca no próximo dia 20 de janeiro, após ter derrotado a democrata Hillary Clinton na eleição presidencial de 8 de novembro. No último domingo (13), Trump anunciou os primeiros integrantes de sua equipe. Reince Priebus, presidente do Partido Republicano e expoente do establishment que o magnata tanto criticou, será chefe de gabinete.   

Já Stephen Bannon, que teve papel de destaque na campanha de Trump, será seu principal estrategista e conselheiro sênior.   

Ex-diretor do banco Goldman Sachs e presidente do site ultraconservador "Breitbart News", Bannon é ligado à ala mais radical do Partido Republicano e já criticou duramente a cúpula da legenda. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos