Após 6 anos, Roma reabre ruínas do Circo Máximo

ROMA, 16 NOV (ANSA) - A prefeita de Roma, Virginia Raggi, inaugurou nesta quarta-feira (16) a área arqueológica do Circo Máximo, que foi reaberta ao público após ter ficado seis anos fechada para restauração.   


Considerado a maior arena de espetáculos da Antiguidade, com 600 metros de comprimento e 140 de largura, o local é formado por um imenso descampado, que costuma ser usado para atividades de lazer e shows, e algumas ruínas que restaram da estrutura original.   


"É importante restituir uma área tão preciosa para a cidade", declarou Raggi. A entrada para a zona arqueológica do Circo Máximo será pela praça de Porta Capena, perto da avenida San Gregorio, que dá acesso ao Coliseu.   


A restauração das ruínas do local revelou, no ano passado, a existência de um segundo Arco de Tito em Roma e permitiu a instalação de um terraço panorâmico com vista para o complexo histórico. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos